Atenção motorista! Condutores das categorias C, D e E que estiverem com exame toxicológico vencido serão punidos

Postado por master em 27/set/2023 - Sem Comentários

Desde o dia 1ª de julho deste ano, uma nova legislação entrou em vigor nas estradas brasileiras.

As mudanças atingem, principalmente, motoristas das categorias C, D e E, e usuários de ciclomotores, patinetes elétricos, bicicletas elétricas e outros meios de locomoção.

Estamos nos referindo à exigência do exame toxicológico, uma medida que reforça a segurança nas estradas e está alinhada com as normas do Código de Trânsito Brasileiro.

A Importância do Exame Toxicológico

O exame toxicológico é uma análise laboratorial que detecta a presença de substâncias psicoativas, como drogas ilícitas, no organismo dos motoristas.

Essa medida tem como objetivo central garantir a segurança de todos os envolvidos no tráfego rodoviário, desde os próprios motoristas até os demais usuários das estradas.

Mudanças na Legislação

A partir de agora, o não cumprimento da exigência do exame toxicológico implicará em penalizações. A alteração incluída na Lei 9.503/97 prevê duas infrações distintas relacionadas a ele para motoristas das categorias C, D e E.

O exame permanece obrigatório para motoristas das categorias mencionadas. No entanto, houve uma mudança importante em relação às infrações pela não renovação dentro do prazo. Os condutores das categorias C, D e E com idade inferior a 70 (setenta) anos serão submetidos a novo exame a cada período de 2 (dois) anos e 6 (seis) meses, a partir da obtenção ou renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A penalização não se aplica somente quando os condutores estiverem dirigindo veículos que exijam as categorias. De acordo com a nova redação da lei, os motoristas podem ser punidos caso estejam dirigindo qualquer tipo de veículo com o exame vencido. Isso inclui tanto automóveis quanto motocicletas.

Outra novidade foi a criação de um novo artigo, que estabelece punição para os motoristas que, mesmo reprovados no exame toxicológico, continuem dirigindo seus veículos.

Os motoristas têm prazo até 28/12 deste ano para regularizarem os exames vencidos. O condutor que não renovar os exames até o prazo estabelecido, já estará sujeito a autuação a partir do dia 29/12/2023.

É importante ressaltar que cada motorista é responsável por manter atualizado o seu exame. Para cumprir com essa exigência, é necessário procurar clínicas credenciadas que realizem a coleta da amostra. É fundamental confirmar a validade da clínica junto aos órgãos competentes, a fim de que os resultados sejam reconhecidos de acordo com a lei.

É importante ressaltar que o cumprimento dessas normas é fundamental não apenas para evitar penalizações, mas também para contribuir com segurança no trânsito.

Como empresa envolvida no transporte de cargas, a FastFrete tem a responsabilidade de compartilhar informações que ajudam a manter nossos parceiros e as estradas seguras.

Busquem sempre manter-se informados, cumpram suas obrigações e conduzam com segurança.

#fastfrete #frete #transportadores #transportadoraagro #transporte #controledefrete #plataformapracotação #cotacaodefrete #embarcador #transportadora #exametoxicologico #codigodetransitobrasileiro

Fastfrete: Único pátio alternativo do Porto de Paranaguá para classificação de grãos

Postado por master em 05/set/2023 - Sem Comentários

Nos últimos meses, a Portos do Paraná, tem recebido em média cerca de 20 mil caminhões de granéis de exportação por dia, para triagem e descarga. Esse fluxo tem sido constante.

Com nossa localização estratégica no Porto de Paranaguá, a FastFrete se tornou uma peça fundamental nessa logística.

Nós somos a primeira e única empresa privada do Brasil que oferece o serviço de Classificação de Grãos em parceria com o grupo Bureal Veritas.

Ao oferecer este espaço adicional, estamos contribuindo diretamente para desafogar o pátio de triagem da Portos do Paraná, aliviando o congestionamento e os atrasos que podem ocorrer devido ao aumento da demanda. Além disso, esse serviço é uma forma de evitar fraudes e exportação de produtos fora do padrão de qualidade.

A coleta de amostras é feita na carroceria do caminhão e encaminhada para análise, antes dos grãos serem armazenados nos terminais ou encaminhados para os navios. Enquanto aguarda este processo, o motorista pode descansar no estacionamento do nosso pátio, até os resultados da análise da classificação dos grãos ficarem prontas.

Nossa presença no Porto faz parte das ações concretas da FastFrete para a melhoria da eficiência de todo o sistema de transporte de cargas. Enquanto outras empresas lutam para acompanhar o ritmo, a FastFrete está à frente, proporcionando resultados tangíveis.

A melhor solução em gestão de fretes

A FastFrete atua em todo Brasil na área de logística do setor agro, com o nosso aplicativo próprio, fazendo a ponte entre todos os envolvidos no processo de entrega da mercadoria.

Somos uma empresa de tecnologia e uma parceira para caminhoneiros autônomos, transportadores e embarcadores que operam na logística agro. Nosso objetivo é conectar a carga desse setor com as melhores cotações de frete de forma rápida e ágil. E agora, com o serviço de Classificação de Grãos, estamos dando um passo adiante.

Se você é um caminhoneiro autônomo à procura de melhores oportunidades, um transportador que busca otimizar suas operações ou um embarcador que deseja um processo mais ágil, a FastFrete pode ser sua parceira ideal. Estamos conectando setores, otimizando processos e impulsionando resultados.

#fastfrete #frete #transportadores #tecnologia #transporte #patiocaminhoneiro #patiofastfrete #classificaçãodegrãos #portosdoparaná #portodeparanaguá #paranaguá #porto